terça-feira, 28 de julho de 2009

Saga de Joesley

Após a emoção de hoje no "cidade verde esporte", vocês vão poder acompanhar a maratona de lutas feitas por Joesley, no Campeonato Brasileiro sub-17, em Natal/RN, narrada por seu técnico e treinador Queiroz Filho. Confiram..
1º luta: Com o atleta do Ceará, Joesley dominou a luta toda e em nenhum momento correu risco. Aplicou um yuko de seoi-nague aos 2 minutos de luta e imobilizou de Ron-keza-gatami, garantindo assim a vitória.
2º luta: Com o atleta do Pernambuco, aos 10 segundos Joesley o projetou de kata-otoshi, conseguindo um wazari e aos 30s Joesley consegue um ippon de seoi nague. Tranqüilo e confiante, ele saiu vencedor da luta que esperamos ser mais difícil.
3º luta: Contra o carioca Matheus Machado campeão pan americano de 2009 e integrante da equipe que vai ao mundial sub-17 na Hungria, Joesley foi perfeito. Seguiu tudo que estava combinado e matou a estratégia do carioca e fez o seu judô. Saiu na frente com wazari de uchi-mata aos 2min de luta e se manteve atacando, mas aos 3min em diante Matheus cresceu na luta e os últimos 30seg de foi de tirar o fôlego. Ambos foram punidos com shido e Joesley foi punido sozinho no finalzinho com o 2º shido. Com o fim da luta se aproximando, Joesley ia se aproximando do ouro.
4º luta: A grande final com o paulista Nicolas. Joesley tinha perdido para o paulista há um mês na seletiva do Sul Americano em São Luiz. Falei ao Joesley “isso aconteceu porque eu não estava lá. Acredita em mim”. Ele começou a luta com a mesma disposição da luta anterior e foi logo dando yuko de kata-otoshi e no 2º minuto outro yuko, agora de seoi-nague. O paulista só foi perigoso após o 3º minuto de luta, onde aplicou yuko de tai-otoshi e seguida Joesley tomou shido e a luta ficou perigosa. Faltando 7s para o fim da luta o paulista vinha com tudo então Joesley entrou kata-otoshi para esfriar a luta e esperar o final.
Ai meus amigos foi só alegria, estou orgulhoso e feliz até agora. Imagina o Joesley, depois de tudo. Viajou de última hora. Os pais conseguiram a passagem no dia da viagem... Falei ao Danys, “ta difícil agente ir” e ele disse “eu garanto o hotel e a inscrição dele” e o resto já foi contado.
Joesley agradece ao prof. da Eugênio Fortes academia da piçarreira, que o ajudam na musculação, aos colegas do Madre Savina e a todos que seguram no kimono dele e o ajudaram a conquistar o ouro, em especial ao João Batista, Marília, Fabrício, Andre Lucas, Stanley, Juninho e Luciana, enfim à todos.

Um comentário:

  1. Emocionante demias! Parabéns para o nosso mais novo campeão!!

    ResponderExcluir